Vivemos na era digital em que uma grande variedade de dados é gerada por diversos meios como bancos, serviços de busca, redes sociais, operadoras de telefonia etc. Nesse contexto entra o que é Big Data: um grande volume de dados que ganham relevância quando são analisados e aproveitados rapidamente.

Veja neste artigo como o Big Data está sendo empregado nas empresas e seus benefícios!

Pilares do Big Data

Os pilares do Big Data permitem o entendimento claro de seus aspectos fundamentais. Em outras palavras, possibilita que você tenha um panorama de como essa tendência lida com o processamento de dados. O Big Data é sustentado por cinco ‘Vs’:

  • volume: se refere à quantidade crescente do volume de dados que, por esse motivo, são muitas vezes subutilizados;
  • velocidade: como muitos dados são gerados em tempo real, é preciso que ações sejam tomadas de forma ágil (filtragem, gravação, atualização, análise etc).
  • variedade: dentre toda a emissão de informações estão formatos como imagens, vídeos, documentos e áudios. Eles são conhecidos como dados não estruturados que, se não forem associados a outros, podem ser inúteis. São diferentes dos dados estruturados que têm um padrão definido como localização, perfil do cliente, categorias etc;
  • veracidade: ao lidar com informações, é preciso ter mecanismos de comprovação de veracidade para não haver equívocos em transações ou tomadas de decisão;
  • valor: todos esses pilares precisam mostrar resultados que compensem o investimento feito. Logo, o propósito é gerar valor ao negócio.

Utilidade do Big Data

O Big Data serve para tratar dados brutos e extrair deles insights que permitam uma melhor tomada de decisão. Por exemplo: por meio da análise do histórico de transações antigas feitas por clientes, reclamações ou desistência de compras, é possível extrair padrões que apontem os motivos que levaram à queda de vendas. Dessa forma, você consegue entender os pontos que precisam de melhorias em seu negócio.

Principais dados que contemplam o Big Data

Enterprise data

Se refere às informações geradas por empresas como dados financeiros, recursos humanos, produção, marketing etc. Elas são fundamentais para avaliar gargalos no fluxo de trabalho e a produtividade das equipes de cada setor.

Social data

São, basicamente, dados gerados por pessoas que ajudam a decifrar o seu comportamento. Dessa forma, conseguimos identificar perfis para elaborar estratégias direcionadas, tendo como base as buscas feitas em mecanismos de pesquisa na internet e comentários em redes sociais, por exemplo.

Data of things ou personal data:

Esses tipos de dados ainda são novidade. Eles se baseiam em dispositivos inteligentes como TVs, smartphones, tablets, GPS e outros aparelhos que, quando conectados à internet, conversam entre si. Essa forma de interatividade é conhecida como Internet das Coisas ou IoT, e está se popularizando cada vez mais. Esses dados podem ser cruzados e se tornarem relevantes.

Utilização do Big Data nas empresas

Personalizar serviços

Para manter o bom nível de serviços, o entendimento das necessidades específicas dos clientes é fundamental. Assim, a criação de promoções e produtos que atendam as demandas de cada grupo identificado se torna viável graças ao uso do Big Data.

Melhorar a relação com os clientes

Soluções em Big Data processam todos os registros dos clientes com a finalidade de emitir gráficos e relatórios contendo informações que demonstram os seus ciclos de compras. Dessa forma, há uma aproximação do comportamento relacional do cliente com os serviços oferecidos.

Direcionar ações de marketing

Como os clientes estão cada vez mais engajados com mídias sociais e canais multimídias, a segmentação de público e a consciência de mercado fazem as empresas que aplicam o Big Data tomarem decisões assertivas nas ações de marketing dentro das preferências de compra, perfil demográfico e social.

Dessa forma, ao compreender o que é Big Data e as possibilidades envolvidas no seu uso, você tem benefícios como agregar valor à marca, aumentar os lucros e elevar o nível competitivo da sua empresa no mercado.

Agora que você sabe o que é Big Data e sua utilização, não esqueça de assinar nossa newsletter e ficar por dentro de muito mais!